Política

Projetos do Governo de Goiás disputam prêmio promovido pela Fundação Roberto Marinho sobre práticas inovadoras na educação

Class News

Foto: Cristiano Borges

Os projetos Estudantes de Atitude e Embaixadores da Cidadania concorrem ao Prêmio Movimento LED – Luz na Educação, que visa reconhecer práticas inovadoras na educação brasileira

Dois projetos do Governo de Goiás concorrem ao Prêmio Movimento LED – Luz na Educação, promovido pela Rede Globo e Fundação Roberto Marinho e que distribuirá o valor de R$ 1,5 milhão aos vencedores. São eles o Estudantes de Atitude, coordenado pela Controladoria-Geral do Estado (CGE) e pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc), e o Embaixadores da Cidadania, coordenado pela CGE. Ambos investem na ampliação da cidadania e do controle social e destacam Goiás no cenário nacional.

O prêmio tem o propósito de destacar práticas inovadoras na educação brasileira e de reconhecer quem está revolucionando o cenário, bem como iniciativas que contribuem, apoiam e aceleram a chegada do futuro da educação no Brasil. O projeto Movimento LED – Luz na Educação vai agregar três principais pilares: o prêmio, um festival e uma plataforma para fomentar, potencializar e disseminar práticas diversas em educação para a comunidade.

A premiação contará com três categorias: educação básica, educação profissional/técnica e educação não formal e será direcionada a quatro atores de transformação da educação: empreendedores (onde concorrem os projetos de Goiás), estudantes, educadores e criadores de conteúdo. Os premiados serão avaliados a partir dos critérios de inovação, impacto e escala.

O valor da premiação é de R$ 1,5 milhão, sendo R$ 1,2 milhão dividido entre seis ganhadores e R$ 300 mil para um desafio lançado durante o festival, que reunirá pessoas e conteúdos relevantes para a educação. O conselho consultivo do Movimento LED é formado por organizações como Unesco, Unicef, Todos pela Educação e outras, além de apoio institucional do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime).

Projetos goianos

O projeto Estudantes de Atitude estimula os alunos das escolas públicas estaduais a praticarem ações relacionadas à transparência, controle social, voluntariado, consciência ambiental e prevenção à corrupção. É uma gincana que possibilita ao aluno visualizar a escola a partir de um olhar cidadão e de pertencimento, por meio de etapas como oficina, auditoria cívica, experiência cultural, missão especial e tarefa especial. Apoiada por um relatório com informações coletadas pelos próprios alunos, a comunidade escolar (alunos, professores, pais, voluntários) é desafiada a fazer uma melhoria estrutural na escola.

A edição de 2021 contou com a participação de mais de 10.800 alunos, que compuseram os times, liderados por cerca de 650 professores. Das 466 escolas públicas estaduais inscritas inicialmente, de 163 municípios goianos, 188 unidades escolares chegaram à fase das auditorias cívicas e 155 escolas planejaram e completaram o projeto de intervenção para gerar melhorias efetivas no ambiente escolar, concorrendo a uma premiação de R$ 140 mil.

O Embaixadores da Cidadania é um projeto de certificação que tem o objetivo aproximar o cidadão de sua comunidade e dos espaços de tomada de decisão, por meio do fomento de ações práticas de cidadania que possibilitem aos participantes assumir uma postura de protagonismo, com a criação de projetos sociais inovadores que pretendam resolver um problema público de forma compartilhada com a comunidade. Ele aciona, por meio da capacitação, o conhecimento dos dispositivos constitucionais atrelados à cidadania.

O projeto é estruturado em duas fases. A primeira conta com etapas teóricas e pílulas de conhecimento. Na segunda fase, os participantes são estimulados a desenvolver um projeto social que contribua ou possa ser aplicado em sua comunidade. Ao final, é concedida uma certificação de 180 horas para aqueles que concluírem as duas etapas.

Delson Carlos

Delson Carlos, Assessor de imprensa,Profissional de Marketing , colunista social, passou pelo: Jornal A Hora, Jornal da Imprensa, Jornal Diário do Estado de Goiás . Há 10 anos, escreve a coluna social Paparazzi, do Jornal Diário de Aparecida. Editor da Revista Class. formando em Marketing e pós-graduado em Marketing digital. Estudioso das redes sociais.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo