Beleza

Importância de profissional qualificado em intervenções não cirúrgicas

Class News

O papel que o cirurgião plástico tem no processo de transformação de cada paciente, considerando assim procedimentos menos invasivos como aplicação de toxina botulínica, preenchimento e biostimulador de colágeno

Hoje a sociedade começa a perceber a estética com outras perspectivas. A naturalidade ganha destaque e intervenções menos invasivas são prioridade. Isso é resultado de uma mudança de consciência coletiva sobre a importância de seguir padrões estéticos. Padrões estes, que segundo o médico cirurgião plástico Fernando de Nápole, estavam na contramão da harmonia e bem estar do paciente. Procedimentos como o botox, preenchimento e biostimulador de colágeno, são caminhos que podem ser tomados para corrigir pequenas imperfeições e assim, manter as características pessoais de cada um, o que de fato é o importante.

Todos buscamos pela melhor versão de nós mesmos. Queremos ser mais saudáveis, mais eficientes, mais belos e essa busca leva muitas pessoas às clínicas de cirurgia plástica com o objetivo de aprimorarem sua aparência. No entanto, enquanto alguns tomam essa decisão facilmente, outros possuem receios e medos de se submeterem a um procedimento cirúrgico, o que acaba detendo algumas pessoas de alcançarem sua aparência ideal. Felizmente, a tecnologia está em constante evolução e novas opções vêm surgindo para quem ainda se sente inseguro de optar por procedimentos cirúrgicos.

Pensando nessa necessidade de uma parcela de seus pacientes, que o médico cirurgião plástico Fernando de Nápole estendeu seus atendimentos e procurou aprimorar seus conhecimentos. Pós graduado em Cosmiatria no Hospital Albert Einstein São Paulo, após 1 ano e meio de estudo e muita dedicação ele oferece em seu consultório botox, preenchimento e biostimulador de colágeno. “Minha carreira sempre foi pautada pela qualidade e resultado. E nem sempre as cirurgias são indicadas. Por isso a partir do desejo do paciente e de acordo com a avaliação da necessidade, traçamos um plano”, explica o médico.

Fernando entende que é de extrema importância respeitar o passo a passo do processo. Isso porque hoje a estética e as intervenções estão banalizadas. “Tem-se discutido bastante sobre padrões estéticos, e para mim, um dos meus papeis como intermediador ativo desse resultado, é manter claro para cada paciente os limites que não podem ser ultrapassados nessa busca incessante”, afirma. Enfatizando o valor de um profissional capacitado, para que não haja intercorrências e frustrações. “É extremamente importante escolher com muita cautela e critério o profissional responsável”, continua.

Qualquer procedimento deve ser realizado de forma segura e com muita precisão. Afinal, trata-se da sua aparência. Ao escolher o cirurgião plástico ideal, você estará evitando erros cirúrgicos e problemas futuros. Procure ter certeza da capacitação do profissional através de 3 pontos: Procure um cirurgião plástico que seja ligado à Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP). Esse é um diferencial essencial para garantir a segurança do seu procedimento; indicações confiáveis de pessoas que já realizaram procedimentos parecidos com o que você deseja fazer; e procure saber se o médico é realmente capacitado analisando a trajetória de sua carreira.

Por fim, depois de avaliar todas essas questões e marcar uma consulta com o cirurgião plástico escolhido, há ainda um último teste: a afinidade com o médico. Isso é muito importante, pois é ele quem vai acompanhar todo o seu processo de transformação e você precisa se sentir muito segura e à vontade com o profissional. Converse bastante com o cirurgião, tire todas as suas dúvidas e conte a ele todas as suas preocupações, desejos e o resultado que espera alcançar. “Eu estou sempre à disposição dos meus pacientes para essa troca. Tudo em prol da qualidade e do bom resultado”, finaliza o médico cirurgião plástico Fernando de Nápole.

Delson Carlos

Delson Carlos, Assessor de imprensa,Profissional de Marketing , colunista social, passou pelo: Jornal A Hora, Jornal da Imprensa, Jornal Diário do Estado de Goiás . Há 10 anos, escreve a coluna social Paparazzi, do Jornal Diário de Aparecida. Editor da Revista Class. formando em Marketing e pós-graduado em Marketing digital. Estudioso das redes sociais.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo