News

O ano de 2021 foi o mais promissor do mercado imobiliário

Class News

Apesar do aumento dos insumos, lançamentos de empreendimentos tem aumentado em Goiânia e região

A pandemia trouxe consequências devastadoras, menos para o mercado imobiliário, que contabilizou um crescimento exponencial nestes últimos dois anos. A crise econômica é uma realidade do nosso País a algum tempo, mas na contramão desse fato, o mercado imobiliário nacional tende a fechar o ano com as melhores taxas. O advogado Diego Amaral, especialista em Direito Imobiliário, afirma que neste período a procura por imóveis aumentou, o que fez bem para a economia nacional.

Em um cenário que não favorece o futuro da economia do País, o mercado imobiliário se mostra otimista e colhendo resultados positivos. Seguindo os padrões nacionais, Goiás está entre os melhores índices de volume de vendas de imóveis, foram 7.760 unidades lançadas até o setembro deste ano. “Isso representa a mesma quantidade de lançamentos de todo o ano de 2020. Ano este, que já tinha sido considerado um ótimo período para as empresas de construção e para as imobiliárias”, analisa Diego Amaral.

De acordo com o presidente da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Goiás (Ademi-GO), Fernando Razuk, o patamar mais baixo da taxa de juros foi o grande motor do mercado imobiliário. “Chegamos ao menor patamar da história para financiamento imobiliário. Isso aumenta a demanda, pois mais pessoas passam a ter condição de comprar imóvel”, pontua o presidente. Dados da Abecip mostram que o crédito de financiamento imobiliário mais que duplicou em todo o País quando se compara o primeiro semestre de 2021 com o de 2020.

Apesar do crescimento da área, alguns pontos ainda preocupam o mercado. Ao passo que o mercado cresce, há também uma elevação no preço dos insumos. “A pandemia fez a produção dos itens da construção civil cair, enquanto a procura cresceu. Tudo isso fez o preço disparar. Recentemente, o setor recebeu a notícia do aumento nos valores do cimento e concreto, por exemplo. Equilibrar essa balança é o grande desafio do setor”, alerta o advogado especialista em Direito Imobiliário.

As previsões continuam otimistas, alheias aos desafios do mercado. De acordo com levantamento da Ademi-GO, o ano de 2021 deve ser o melhor período do mercado imobiliário da história. A pesquisa que foi feita pela Brain Inteligência Estratégica mostra que este ano será o maior de vendas da história do mercado imobiliário, mais que o boom de 2009, 2010 e 2011. Os lançamentos triplicaram e, mesmo assim, ainda há mais demanda que oferta. “Acredita-se que a perspectiva é positiva para os próximos anos”, diz Diego.

O advogado reforça que, para quem está pensando em adquirir imóvel, seja para melhorar a qualidade de vida ou como alternativa de investimento seguro e rentável, este é o melhor momento para comprar. “Vai aproveitar as boas condições de pagamento e ganhar com a valorização imobiliária dos próximos meses/anos”, adianta. Gerando empregos e movimentando a economia geral, o mercado imobiliário é a grande aposta para alavancar a retomadas da economia no País.

Delson Carlos

Delson Carlos, Assessor de imprensa,Profissional de Marketing , colunista social, passou pelo: Jornal A Hora, Jornal da Imprensa, Jornal Diário do Estado de Goiás . Há 10 anos, escreve a coluna social Paparazzi, do Jornal Diário de Aparecida. Editor da Revista Class. formando em Marketing e pós-graduado em Marketing digital. Estudioso das redes sociais.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *