Política

“É importante população conviver com a história”, diz Caiado durante entrega da restauração da Torre do Relógio, no Centro de Goiânia

Class News

Governo federal, por meio do Iphan, realizou obras nesse que é um dos principais cartões postais da capital. Estrutura fica na Avenida Goiás, próximo à Praça Cívica. “Maior conjunto Art Déco do país está em Goiânia”, diz governador ao projetar parcerias para garantir mais obras de preservação do patrimônio

O governador Ronaldo Caiado participou, nesta terça-feira (15/06), da entrega da restauração da Torre do Relógio, no Centro de Goiânia. A obra foi gerida pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). “É muito importante que estruturas assim sejam entregues à população em condições de funcionamento, com toda sua beleza, para que as pessoas convivam com a história”, declarou Caiado sobre a importância de se preservar elementos que carregam as origens do Estado.

O governo federal investiu quase R$ 678 mil na restauração da Torre do Relógio, um dos cartões postais da Capital. “Esse é um governo comprometido com a cultura. Estamos aqui para trabalhar pelo resgate da nossa história”, declarou a presidente do Iphan, Larissa Peixoto. Ela também ressaltou a importância de estabelecer parcerias entre União, estados e municípios. “O Iphan foi feito para construir pontes, e não muros, em prol do nosso patrimônio, que é de todos”, pontuou.

Localizado na Avenida Goiás, o monumento foi originalmente inaugurado em julho de 1942, durante o Batismo Cultural de Goiânia. “É algo que encanta a todos nós”, disse o governador sobre a recuperação. “Temos orgulho enorme das nossas tradições e nossas raízes”, continuou. “É uma alegria ver essa obra concluída. Nós, goianos, nos sentimos parte da entrega da Torre do Relógio.”

O prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, referiu-se ao Iphan como aquele “que cuida das cidades e de seus patrimônios”. Ele também convocou a população a zelar pelo bem público. “Sabemos que é um dever de todos nós, cidadãos brasileiros, goianos e goianienses”, disse o gestor municipal.

O superintendente do Iphan em Goiás, Allyson Cabral, afirmou que a entrega representa uma prestação de contas. “Trabalhamos para que a memória do goianiense e do goiano seja preservada, e que aumente o sentimento de pertencimento dos bens tombados”, salientou.

A obra contou com reforço estrutural, restauração de ornamentos e componentes geométricos arquitetônicos, recuperação do revestimento, pintura interna e iluminação para melhor apreciação noturna.

A intervenção na Torre do Relógio também resgata a sua função original: o relógio volta a marcar as horas e a soar os sinos. A Caixa de Assistência dos Advogados de Goiás (Casag) investiu R$ 9,8 mil para restauro desse maquinário, e agora será responsável pela manutenção do bem cultural.

Outras obras
A restauração da Torre do Relógio é uma das intervenções realizadas pelo Iphan-GO no Centro de Goiânia. Atualmente está em andamento o restauro da Antiga Chefatura de Polícia, localizada na Praça Cívica, com previsão de entrega para o mês de novembro. “Vamos transformá-la num grande prédio para atender a população goiana. A ideia é dar dinâmica aos edifícios antigos que foram preservados e, dentro deles, oferecer tecnologia para atender a instituição que venha a se instalar lá dentro”, projetou Caiado. “O maior conjunto Art Déco do país está em Goiânia. A somatória da Praça Cívica é algo de uma beleza ímpar”, elogiou.

Outras obras já finalizadas na capital pelo Iphan são: restaurações da Estação Ferroviária, concluída em maio de 2019, da Antiga Delegacia Fiscal, atual Sede do Iphan-GO, inaugurada em fevereiro de 2020, e do Coreto da Praça Cívica, entregue em maio de 2020. A presidente do Iphan informou que já foram investidos mais de R$ 7 milhões em obras já entregues no Estado nos últimos dois anos. “E temos mais R$ 19 milhões em andamento”, garantiu.

Participaram da entrega da Torre do Relógio os secretários de Estado César Moura (Cultura) e Tony Carlo (Comunicação); o secretário municipal de Cultura, Zander Fábio; os prefeitos Aderson Gouveia (cidade de Goiás) e Nárcia Kelly (Bela Vista de Goiás); o presidente da Casag, Rodolfo Otávio Mota; o diretor do Departamento de Patrimônio Material e Fiscalização do Iphan, Leonardo Barreto; o ex-senador Wilder Morais; além de outras autoridades.

Delson Carlos

Delson Carlos, Assessor de imprensa,Profissional de Marketing , colunista social, passou pelo: Jornal A Hora, Jornal da Imprensa, Jornal Diário do Estado de Goiás . Há 10 anos, escreve a coluna social Paparazzi, do Jornal Diário de Aparecida. Editor da Revista Class. formando em Marketing e pós-graduado em Marketing digital. Estudioso das redes sociais.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *