Beleza,Saúde

Entenda a Lipo HD ou lipoaspiração de alta definição

Class News

O cirurgião plástico Fernando de Nápole alerta sobre a importância de se procurar um profissional capacitado e de confiança para realizar o procedimento, além de esclarecer algumas dúvidas recorrentes

Nos últimos tempos, a quantidade de pessoas que praticam atividades físicas de ambos os sexos aumentou de forma considerável. A preocupação com o corpo, a saúde e a busca por definição muscular se tornaram uma conquista, uma superação. Segundo o cirurgião plástico Fernando de Nápole, a musculatura da região abdominal, peitoral, dorsal e coxas tornam-se bem definidas quando a quantidade de gordura localizada sob os músculos ficam em torno de 7% do peso corporal. “Mesmo com atividade física intensa, dependendo do biótipo de cada indivíduo, algumas bolsas de gorduras naturais que localizam-se acima dos músculos permanecem evidentes, dificultando a definição corporal”, explica.

A  lipo HD (lipoaspiração de alta definição) surgiu com esse propósito. Essa técnica visa definir o contorno corporal, modelando um aspecto atlético e evidenciando os músculos, com a retirada de gordura localizada de forma precisa. Além de modelar também a lombar, flancos, peitoral, costas, braços e pernas deixando-os mais magros e definidos.

Essa técnica possibilita esculpir minuciosamente os contornos anatômicos, evidenciar músculos abdominais, peitoral, dorsal, coxas e cintura através da lipoaspiração dessas regiões com cânulas de menor diâmetro, diante de uma técnica artesanal e delicada, melhorando o desenho e evidenciando os mesmos.

Alguns cuidados devem ser tomados, pois aumentam os riscos quando se faz essa escavação no tecido gorduroso. “Recebo com algum entusiasmo essa nova tendência. Utilizo de forma parcimoniosa os princípios da lipo HD no meu dia-a-dia”, alerta Dr. Fernando de Nápole. Fibroses excessivas e irregularidades são constantes que ocorrem mais frequentemente.

Corpo ideal para fazer a Lipo HD
O Dr. Fernando de Nápole é muito questionado sobre se qualquer pessoa pode ficar “sarada” sem nenhum esforço físico ou disciplina alimentar  fazendo a Lipo HD, e ele sempre responde; “Pelo contrário. Essa técnica é indicada para pessoas dentro ou perto do peso ideal, praticante de atividade física ou com boa hipertonia muscular prévia, que deseje uma melhor definição muscular e quando seu objetivo não foi atingido, mesmo com todos cuidados desportivos e alimentares.

Segundo o cirurgião plástico toda Liposcultura bem executada oferece melhora do contorno corporal e perda de medidas, porém não se pode esquecer de alguns fatores como: a gordura chamada visceral, a qual está localizada dentro da barriga junto com órgãos e intestinos, impossível de retirar-se em cirurgias estéticas. Além disso, grandes excessos de bolsas de gordura localizadas sob os músculos dificultam a boa execução da técnica, além de aumentarem o trauma cirúrgico, mesmo que essa seja realizada por técnicas menos agressivas.

“A Sociedade Brasileira e Internacional de Cirurgia Plástica após vários estudos e estatísticas, chegaram a conclusão que pacientes submetidos à cirurgias plásticas com IMC abaixo de 29, se expõem significamente a menores riscos cirúrgicos, além da satisfação pessoal pós operatória ser muito mais evidente e duradoura”, reafirma Fernando.

Dúvidas recorrentes

A técnica chamada de Lipomioscultura é diferente da Lipo “HD”?
Fernando de Nápole –
 A terminologia “HD” é um termo novo, sintonizado com a nova cultura cibernética, em tempos de internet. Quando realizada através de microcânulas e seringas, a Lipomioscultura promove o mesmo aspecto da HD. Além disso, o aproveitamento da gordura retirada por essa técnica é amplamente utilizada para dar volume e contorno na região glútea e mamas, além de melhorar celulites, evidenciando ainda mais o contorno e a harmonia corporal. Contudo, o fato de injetar gordura dentro do músculo, aumenta exacerbadamente o risco de embolia gordurosa.

O que significa a técnica Hidrolipo?
Fernando de Nápole –
 A técnica hidrolipo ou tumescente, é quando injeta-se uma solução de soro e medicações antes de realizar a lipoaspiração de uma área, no intuito de diminuir o sangramento e facilitar a saída da gordura através das microcânulas. É acrescentado anestésico quando realizado sob anestesia local. Atualmente, a maioria dos especialistas já utiliza a hidrolipo, independente da técnica ou área associada.

Quais os casos que não se indicam somente a Liposcultura?
Fernando de Nápole –
 Quando há flacidez de pele excessiva, musculatura com diástase (aberta), outras técnicas podem ser utilizadas associadas ou não à Liposcultura, como por exemplo, a Abdominoplastia, no caso de flacidez abdominal. A avaliação detalhada do especialista e bom planejamento pré operatório definirá a melhor indicação dos procedimentos.

Delson Carlos

Delson Carlos, Assessor de imprensa,Profissional de Marketing , colunista social, passou pelo: Jornal A Hora, Jornal da Imprensa, Jornal Diário do Estado de Goiás . Há 10 anos, escreve a coluna social Paparazzi, do Jornal Diário de Aparecida. Editor da Revista Class. formando em Marketing e pós-graduado em Marketing digital. Estudioso das redes sociais.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *