News

Autismo por Dr. Eduardo Moreira

Class News

O TEA é um transtorno do neurodesenvolvimento com grande variabilidade clinica, afeta 1-2 % da população mundial, predominância 4 vezes maior no sexo masculino comparado ao sexo feminino. A incidência de TEA tem aumentado nas ultimas décadas, devido a maior conhecimento a cerca do tema e os critérios diagnósticos tornaram-se mais amplos

As principais características e sintomas relacionadas ao TEA sao: deficiência na comunicação não verbal e verbal; alterações na interação social (incapacidade de manter e desenvolver amizades); comportamentos repetitivos como excessiva adesão a rotinas, interesses restritos, fixos e intensos.

Fatores genéticos influenciam no TEA, ha evidencias de hereditariedade com recorrências entre irmãos de 2-8 % , podendo chegar até 60 % em gêmeos homozigóticos. O TEA relaciona-se a Fatores ambientais como exposição materna a agrotóxicos; obesidade materna, diabetes gestacional e uso de álcool/tabaco durante a gestação; baixa ingestão de omega-3 e acido fólico.

O diagnóstico é exclusivamente clínico sendo baseado em critérios elaborados por profissionais e pesquisadores especializados em transtornos do neurodesenvolvimento.

O tratamento é multiprofissional envolvendo a neurologia infantil, psiquiatria infantil, terapia ocupacional, fisioterapia , psicopedagogia e fonoaudiologia. O tratamento é dividido em 2 modalidades : não farmacológicos como treinamento de pais e familiares; terapia cognitivo-comportamental e adaptações escolares ao Paciente. Farmacológico : medicações para controle de sintomas.

Dr. Eduardo Moreira ( Neuropediatra)

Delson Carlos

Delson Carlos, Assessor de imprensa,Profissional de Marketing , colunista social, passou pelo: Jornal A Hora, Jornal da Imprensa, Jornal Diário do Estado de Goiás . Há 10 anos, escreve a coluna social Paparazzi, do Jornal Diário de Aparecida. Editor da Revista Class. formando em Marketing e pós-graduado em Marketing digital. Estudioso das redes sociais.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *