Política

Vice-governador Lincoln Tejota Enfatiza Bons Resultados da Segurança Pública

Class News
Fotos: Wildes Barbosa

Lincoln Tejota participou do lançamento do grupo Garra do Corpo de Bombeiros, para acelerar atendimento a acidentados no trânsito

O vice-governador Lincoln Tejota afirmou que os números demonstram que as forças de segurança do Estado de Goiás são as melhores do país e que o governo está empenhado em dar as melhores condições para que dê ainda mais a resposta que a população necessita. Ele participou da formatura e lançamento do Grupo de Apoio Resposta Rápida (Garra), na manhã desta sexta-feira (3), que tem por objetivo diminuir o tempo resposta de resgate do Corpo de Bombeiro Militar do Estado de Goiás (CMB-GO) em acidentes.

Lincoln ressaltou que Goiânia é uma das capitais com maior número de motocicletas no país, o que aumenta os índices de acidentes. Por isso, continuou, o trabalho de resgate realizado pelos bombeiros é de suma importância. “Gastamos cerca de R$ 80 mil por acidentado, desde o atendimento primário até a recuperação. Além disso, muitas vidas são perdidas. Sabemos o quanto importante é chegar a tempo. Com esse trabalho especializado que lançamos aqui podemos diminuir drasticamente esses índices”, reforça.

Durante a formatura, a corporação realizou uma simulação de acidente de moto, bastante comum nas ruas da região metropolitana. A simulação mostrou que a equipe do grupo Garra, pela agilidade que o motorresgate permite, será a primeira a fazer o atendimento ao acidentado. Enquanto o primeiro socorro é realizado, a viatura de emergência se encaminha para o deslocamento do acidentado até um hospital. Esse tipo de ação diminuirá o tempo resposta das ações de resgate dos bombeiros. O Garra, além de prestar os primeiros socorros, poderá também abrir caminho para a viatura chegar mais rápido ao hospital.

O secretário de saúde, Ismael Alexandrino, salientou que o atendimento primário pode salvar muitas vidas que são perdidas diariamente pelas dificuldades de acesso e atendimento. “São segundos que valem ouro, para conter hemorragia, para tratar um traumatismo craniano, por exemplo. Vários casos graves podem ser dirimidos por uma ação rápida como essa. É uma questão de Saúde”, avalia.

Somente no primeiro trimestre deste ano, os bombeiros fizeram 19 mil atendimentos dos quais 6.600 eram acidentes de trânsito. Os 30 formandos receberam 210 horas/aula. Durante o curso de capacitação, os agentes passaram por teste de aptidão específica em motocicletas e teste físico. Os formandos também receberam instruções de manutenção preventiva, pilotagem de alto risco, escolta, salvamento aquático, legislação de trânsito, atendimento pré-hospitalar, entre outras. Policiais militares do Grupo de Intervenção Rápida e Ostensiva (GIRO) contribuíram na formação dos novos especialistas.

Além do vice-governador e do secretário de saúde, estiveram presente no evento o secretário da Casa Civil, Anderson Máximo; de Comunicação, Valéria Torres; o chefe de gabinete de Gestão da Governadoria, Lívio Luciano; os deputados estaduais Paulo Trabalho e Major Araújo; o comandante geral da Polícia Militar, Renato Brum, o superintendente da Polícia Rodoviária Federal, Álvaro de Rezende Filho; e autoridades militares.

Delson Carlos

Delson Carlos, Assessor de imprensa,Profissional de Marketing , colunista social, passou pelo: Jornal A Hora, Jornal da Imprensa, Jornal Diário do Estado de Goiás . Há 10 anos, escreve a coluna social Paparazzi, do Jornal Diário de Aparecida. Editor da Revista Class. formando em Marketing e pós-graduado em Marketing digital. Estudioso das redes sociais.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *