News

27º Congresso Internacional de Oculoplástica e 6º Congresso Internacional de Estética Periocular começam Hoje

Class News

No encontro, que vai até sábado (13) no Centro de Convenções da capital goiana, será lançado o ‘1º Manual de Condutas – Blefaroplastia’ da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Ocular

Vice-presidente da SBCPO Dra. Patrícia Akaishi

Durante o 27º Congresso Internacional de Oculoplástica (Ciop) e o 6º Congresso Internacional de Estética Periocular (Ciepo), que ocorrerão nestes dias 11, 12 e 13 de abril, no Centro de Convenções de Goiânia, a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Ocular (SBCPO) lançará sua segunda obra, intitulada1º Manual de Condutas – Blefaroplastia (108 páginas, editora Conexão Propaganda). A autora principal é a vice-presidente da SBCPO, dra. Patrícia Akaishi. A coordenação é de dr. Roberto Limongi, presidente desta sociedade.

Presidente da SBCPO Dr. Roberto Limongi

“Movido pela excelente repercussão do primeiro livro da SBCPO, Estética Periocular, lançado no evento do ano passado, idealizei a elaboração deste manual que pudesse abrigar a opinião de médicos experientes sobre temas relevantes a fim de auxiliar a conduta cirúrgica dos praticantes dessa subespecialidade da Oftalmologia”, diz dr. Limongi, que completa: “Durante o 62º Congresso Brasileiro de Oftalmologia, em 2018, reunimos, em Maceió, os maiores experts em blefaroplastia, entre ex-presidentes e membros ativos da SBCPO, para colocar em votação os tópicos abordados neste livro”.

Pálpebras

Idade avançada e tendência familiar podem causar frouxidão da pele palpebral, flacidez dos ligamentos e músculos da pálpebra inferior e do terço médio da face (a ‘maçã do rosto’), o que resulta em flacidez palpebral e bochechas caídas. As consequências são dobras de pele e bolsas de gordura e rugas, sinais característicos de envelhecimento facial. Mas o problema vai além da estética. O excesso de pele e essa frouxidão dos tecidos dos anexos oculares geram consequências aos olhos. “Isso pode causar alterações no fundo dos olhos como diminuição do campo visual superior e lacrimejamento”, afirma dr. Roberto Limongi, que é também professor associado e chefe do setor de Plástica Ocular da Universidade Federal de Goiás (UFG) e professor permanente da pós-graduação em Ciências da Saúde da UFG – Centro de Referência em Oftalmologia (Cerof).

Esses são alguns dos assuntos abordados no encontro deste ano. Participarão dez convidados internacionais, sendo cinco norte-americanos membros de destaque da American Society of Ophthalmic Plastic and Reconstructive Surgery (ASOPRS). São esperados em torno de 600 congressistas de várias partes do Brasil e do mundo. Para o presidente da SBCPO, dr. Roberto Limongi, o objetivo é “difundir conhecimentos e aprimorar o ensino e a pesquisa científica neste ano em que são comemorados 45 anos de história da Oculoplástica brasileira”.

Plástica Ocular

A Cirurgia Plástica Ocular é uma disciplina da Oftalmologia que se dedica a cuidar de alterações e deformidades das pálpebras, do sistema lacrimal e da órbita (cavidade óssea que circunda o olho). Como reforça dr. Limongi, a subespecialidade está voltada não somente à estética ocular como também ao bom funcionamento do olho. Dentre as alterações mais frequentes que podem ser tratadas, o presidente da SBCPO destaca: “Excesso de pele e bolsas de gorduras palpebrais (resultado de tendências hereditárias ou relacionadas à idade); ptose ou pálpebras caídas (a pálpebra pode cobrir o eixo visual e atrapalhar a visão); entrópio (pálpebras que viram para dentro); ectrópio (pálpebras que viram para fora); triquíase (alteração da direção de um ou mais cílios, invertidos); lagoftalmo paralítico(incapacidade de fechamento palpebral completo após paralisia facial temporária ou permanente); blefaroespasmo (contrações palpebrais que podem provocar cegueira funcional devido à impossibilidade de abertura palpebral espontânea); tumores palpebrais (benignos ou malignos); obstrução de vias lacrimais (de recém-nascidos a idosos, provocando lacrimejamento constante); e estética (cirurgias removem o excesso de pele e bolsas de gordura, ao redor dos olhos, e o resultado é uma expressão facial mais leve e rejuvenescida).

Congressos e convidados

Pelo segundo ano consecutivo, Goiânia sediará o Ciop e o Ciepo. Os cinco convidados norte-americanos são: Jeremiah Tao, diretor do fellowship da University of California, Irvine, e presidente do Programa do Congresso da ASOPRS e conexão da American Board of Ophthalmology; JD Perry, diretor do fellowship da Cleveland Clinic e secretário do programa do Congresso ASOPRS; Pete Setabutr, diretor do fellowship da University of Illinois, Chicago; Catherine J. Hwang, também da Cleveland Clinic e presidente do próximo congresso ASOPRS em Chicago; e Steven Couch, preceptor do fellowship da Washington University, St. Louis. “Eles nos trarão muitas novidades, inclusive com participação em nossos cursos pré-congressos”, completa o presidente da SBCPO.

Além dos norte-americanos, marcarão presença no encontro: o português Guilherme Castelafellowship em Oculoplástica no Instituto Internacional de Órbita e Oculoplástica em Santiago de Compostela (Espanha) e professor da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra (Portugal); o argentino Daniel Weilprofessor da Universidade de Buenos Aires e atual presidente da Sociedade Panamericana de Oculoplástica; o argentino Rodrigo Feldmannpresidente da Sociedade Argentina de Plástica Ocular (Sapo) e chefe do setor de Oculoplástica do Centro e Fundação Oftalmológica Argentina; a boliviana Ximena Arzefellow em Oculoplástica no Hospital para Evitar La Ceguera en Mexico e presidente da Sociedade Boliviana de Oculoplástica; e o chileno Eduardo Prado, professor da Faculdade de Medicina da Universidade do Chile e fellow de Oculoplástica de Ramón Medel no IMO de Barcelona.

“Esta é a primeira vez que trazemos essa quantidade de convidados internacionais. Todos eles possuem extremo conhecimento e trarão muitas novidades”, afirma dr. Limongi, que completa: “Tentamos repetir a mesma receita do ano anterior, em que obtivemos muito sucesso e muita satisfação por parte dos inscritos. Aparamos arestas para melhorar algumas partes do congresso, principalmente os cursos pré-congressos, de capacitação, e os congressistas têm a oportunidade de participar de cursos práticos, como os de toxina botulínica e de preenchimento, harmonização facial. Também temos o famoso curso de blefaroplastia, tema bastante em voga e que vem sendo aprimorado a cada ano”.

Ainda segundo o presidente da SBCPO, há outra inovação em relação à edição anterior do congresso. “Haverá uma gincana em que a USP de São Paulo vai concorrer com a USP de Ribeirão Preto. Além disso, teremos o primeiro torneio de duplas de tênis da SBCPO”, finaliza dr. Limongi.


SERVIÇO
27ª edição do Congresso Internacional de Oculoplástica (Ciop) e 6º Congresso Internacional de Estética Periocular (Ciepo)
Quando:
 de 11 a 13 de abril de 2019
Onde: Centro de Convenções de Goiânia
Endereço: Rua 4, nº 1.400, Setor Central – Goiânia, Goiás, Brasil
Inscrições e programação: https://sbcp.iweventos.com.br/evento/ciop2019/home

 

Delson Carlos

Delson Carlos, Assessor de imprensa,Profissional de Marketing , colunista social, passou pelo: Jornal A Hora, Jornal da Imprensa, Jornal Diário do Estado de Goiás . Há 10 anos, escreve a coluna social Paparazzi, do Jornal Diário de Aparecida. Editor da Revista Class. formando em Marketing e pós-graduado em Marketing digital. Estudioso das redes sociais.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *