News

Casos de câncer de mama sobem no país

Class News

Cerca de um terço dos casos poderia ser prevenido. Profissional da saúde da Faculdade Estácio Goiás alerta para a prevenção e os cuidados básicos

A incidência de câncer no Brasil só aumenta, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA). A estimativa de 2018 aponta o câncer de mama em mulheres como o terceiro tipo mais comum, com quase 60 mil novos casos somente este ano. Por isso, ano após ano, é realizada a campanha “Outubro Rosa” para alertar para a prevenção, os cuidados e o tratamento desta doença.

De acordo com a professora de Enfermagem da Faculdade Estácio de Goiás, Christina Souto, o câncer é uma doença multifatorial, ou seja, pode ser causada por diversos motivos como idade, fatores genéticos, histórico familiar e pessoal, raça e etnia, mamas densas, uso de medicamentos, algumas doenças, radioterapias, obesidade, etc. Mas, de acordo com ela, cerca de um terço dos casos de câncer poderia ser prevenido.

“A recomendação geral é, definitivamente, não fume, faça alguma atividade física de forma regular, reduza a ingestão de carnes vermelhas e coma alimentos frescos, como frutas, verduras e alimentos ricos em fibras, e minimize a ingestão de bebidas alcoólicas e a exposição excessiva ao sol”, alerta a profissional da saúde.

Mas é preciso ficar alerta aos sintomas, pois 95% dos casos de câncer de mama possui chances de cura.  Por isso fazer o auto exame da mama é fundamental. Os principais sintomas que apontam para o câncer de mama são nódulo único endurecido inclusive na região da axila, modificação na pele na região da mama como inchaço e vermelhidão, mamilo invertido, secreção sanguinolenta nos mamilos, dores na mama o nos mamilos.

“A mamografia é o único exame capaz de diagnosticar o câncer de mama em seu estágio inicial. Por conta disso, recomenda-se que mulheres acima de 50 anos se consultem regularmente e devem realizar, ao menos, uma mamografia ao ano”, recomenda Christina Souto.

Delson Carlos

Delson Carlos, Assessor de imprensa,Profissional de Marketing , colunista social, passou pelo: Jornal A Hora, Jornal da Imprensa, Jornal Diário do Estado de Goiás . Há 10 anos, escreve a coluna social Paparazzi, do Jornal Diário de Aparecida. Editor da Revista Class. formando em Marketing e pós-graduado em Marketing digital. Estudioso das redes sociais.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *