Cultura

Novo núcleo de artes nasce em Goiânia pela união de artistas e professores reconhecidos por atuação em diversas modalidades de dança e das artes cênicas.

 No sábado, 04 de agosto, a partir das 21h, estará oficialmente aberto um novo espaço cultural e núcleo de formação artística em Goiânia. Fluxo Núcleo de Artes pretende reunir profissionais da dança, do teatro, da música e do circo, para aulas e projetos de formação de plateia, formação de novos artistas, fomento à formação de grupos e espetáculos, além de aulas regulares de modalidades como dança de salão, musicalidade, teatro e estudo cênico, dança do ventre, danças urbanas, dança criativa para crianças e artes circenses. O baile de inauguração, chamado Uma Noite em Havana, contará com a presença de artistas convidados para performances e um set musical composto por ritmos latinos, como zouk, bachata e salsa.

André Canhete, Leandro Matos, Nathália Lemes e Weder Matos são os empreendedores responsáveis pelo Fluxo Núcleo de Artes. Com formações e experiências diversas, alguns deles atuam no cenário da dança há mais de 14 anos. Sobre a ideia inicial deste espaço cultural, André Canhete, professor de dança de salão e graduando em dança pela Universidade Federal de Goiás, explica: “Já tínhamos o intuito de desenvolver um trabalho diferenciado com a dança de salão. Projeto esse que rapidamente se estendeu para outras modalidades, tomando outra forma à medida que ia incorporando novos profissionais, novas personalidades e novos projetos. Quando idealizamos, já éramos um núcleo, com diversos parceiros, uma sede grande o suficiente para abrigar muitos profissionais e um caldeirão de projetos e ideias efervescendo dentro de um Fluxo contínuo de movimento.”

Segundo os organizadores, o que eles têm visto em Goiânia quanto à produção cultural e artística, é um ambiente com grande potencial, mas que ainda sofre com a falta de estrutura, de cooperação ou até mesmo de visibilidade. Sobre isso André comenta: “Temos contato com artistas de toda a sorte, e podemos afirmar a capacidade e qualificação dos profissionais de Goiás, que muitas vezes precisam sair do estado ou país, para obter o devido reconhecimento. Também ficamos alertados pela baixa porcentagem de pessoas que possuem algum contato com arte, e que se tivessem poderiam desenvolver talentos ou simplesmente ter maior qualidade de vida. Diante desse quadro vemos a necessidade de um centro de artes que possa reunir, valorizar o profissional e oferecer programação cultural para todos. Acreditamos em uma Goiânia que seja um Polo Cultural”.

A festa/baile de inauguração será no dia 4 de agosto e já no dia 6 as matrículas estarão abertas para as novas turmas, que oferecerá aulas profissionalizantes e para iniciantes. De acordo com Leandro Matos, que é professor e dançarino de dança de salão há 14 anos – com uma trajetória que passa por diversas escolas de Goiânia, participação em espetáculos, criações coreográficas -, o Fluxo Núcleo de Artes estará aberto para parcerias de grupos e artistas profissionais que já atuam na criação e circulação de espetáculos, por meio da oferta de salas e espaços estruturados para ensaios e reuniões. Segundo a equipe Fluxo, a ideia é aglutinar esforços e conteúdos, de modo a criar um movimento forte e contínuo, que garanta o florescimento de novos projetos, que garantam que Goiás se fortaleça enquanto celeiro de criadores e de produtos culturais

São voluntários desta iniciativa as empresas Oxigênio 007, o performer Ricardo Marinelli (Princesa Ricardo) e a T3MPO Arquitetura e Audiovisual, além dos músicos Cristiano Pena e Rodrigo Invernizzi, os professores Letícia Lemes, de teatro e Rúbia Reis, de Balé Clássico, e Victor Américo, de Dança de Salão.

Delson Carlos

Delson Carlos, Assessor de imprensa,Profissional de Marketing , colunista social, passou pelo: Jornal A Hora, Jornal da Imprensa, Jornal Diário do Estado de Goiás . Há 10 anos, escreve a coluna social Paparazzi, do Jornal Diário de Aparecida. Editor da Revista Class. formando em Marketing e pós-graduado em Marketing digital. Estudioso das redes sociais.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *