Política

Senador Wilder de Morais da infância humilde à empresário e político de sucesso marca a trajetória de um vencedor

Era uma vez… Não, esse relato não faz parte de um livro de histórias. No entanto, tem todos os predicados e características para tal. Mas trata-se de uma história real, de alguém que passou por muitas dificuldades, enfrentou doença, a fome, o frio, mas, com o amor recebido de seus pais, aliado a perseverança e a determinação, levou essa pessoa a superar todos os obstáculos em seu caminho e se tornar um vencedor. Esse vitorioso tem nome – Wilder Pedro de Morais.

Senador goiano pelo Partido Progressista (PP), o qual assumiu a presidência estadual em 2015, Wilder Morais é um parlamentar dinâmico. Tem uma atuação direta na viabilização de verbas do Governo Federal para o estado de Goiás, com atenção para os 246 municípios.

Empresário de sucesso, com sua dedicação extrema ao trabalho, fez fortuna no ramo da construção civil como sócio majoritário da empresa Orca Construtora. Porem, nem tudo foi flores, no seu caminho.

Nascido no interior do estado de Goiás, no município de Taquaral, filho do lavrador, Sr. Natalino Alberto de Morais e da costureira, Maria Angélica de Morais, Wilder foi um menino magrinho e muito doente. Com uma infância e adolescência muito pobre, o trabalho começou cedo na vida do rapaz. Mas, ele não queria trabalhar agarrado no cabo de uma enxada, como seu pai. Foi então, que percebeu que para conseguir algo na vida, tinha que estudar. Uma decisão que mudou sua vida. “Posso, enfim, afirmar que a educação foi a grande ferramenta de transformação na minha vida”, afirma o senador.

Sessão deliberativa extraordinária destinada a discussão do Parecer nº 726, de 2016, que analisa a procedência ou improcedência da Denúncia nº 1, de 2016, referente ao processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.
Em discurso na tribuna, senador Wilder Morais (PP-GO).
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

O menino, que sonhava em ser engenheiro, foi atrás de seu sonho. Saiu da cidade de Taquaral deixando sua família, e chegou em Goiânia. Na capital, trabalhava e estudava, com bastante dificuldade. Na sua trajetória contou com a ajuda de alguns amigos e conseguiu entrar na tão almejada Faculdade de Engenharia, na então Universidade Católica de Goiás (UCG). Logo no início do curso, começou um estágio numa grande empresa de construção. Não demorou muito tempo, para passar de estagiário para empregado. Depois de 11 anos, saiu da construtora ocupando o cargo de diretor-presidente.

Como uma visão de grande empreendedor, se uniu a dois colegas de faculdade e criou sua própria empresa – Construtora Orca, se tornando um dos maiores empresários brasileiros, com negócios em toda América Latina. “A empresa constrói e desenvolve projetos exclusivamente para a iniciativa privada, não executando nenhuma obra fruto de concorrência pública com recurso dos tesouros municipais, estaduais ou federal”, orgulha-se Wilder.

Política

Em 2010, foi convidado pelo senador Demóstenes Torres para ser seu primeiro suplente.

Em 2011, convidado pelo governador Marconi Perillo, assumiu a Secretaria de Estado de Infraestrutura, onde permaneceu por 17 meses.

Ocupou uma vaga no Senado pelo Partido Democratas (DEM), em 2012, quando assumiu em substituição ao titular da vaga, Demostenes Torres, que teve o mandato cassado.

Deste então, o senador Wilder de Morais tem trabalhado arduamente, sendo um dos parlamentares com maior número de projetos apresentados no Congresso Nacional. E vem lutando em tempo integral pela reeleição ao Senado.

Além de ser chamado de senador da moradia, por sua luta em favor da casa própria, Wilder também é conhecido como “senador dos livros”. O parlamentar investe sua cota de gráfica em fazer livros para estudantes, como o exemplar “Área Cível”, que foi distribuído a estudantes e concurseiros de todo o Estado. Nele estão as grandes novidades em leis, uma delas o Novo CPC – Código de Processo Civil, além da Constituição e do Código Civil. E também o “Vade Mecum Penal”, que está sendo distribuído atualmente.

Grande incentivador, o senador realiza palestras a estudantes exaltando a importância da educação, e distribuindo livros. Ao todo, já distribuiu 1,5 milhão de exemplares. “Muitas vezes as pessoas tem acesso a uma faculdade, mas não tem como comprar livros. Daí, dou minha contribuição nesse sentido”, afirma o senador, que sempre cita em suas palestras uma frase do ex-presidente da África do Sul, Nelson Mandela: “A educação é a arma mais poderosa que você pode usar para mudar o mundo”.

Delson Carlos

Delson Carlos, Assessor de imprensa,Profissional de Marketing , colunista social, passou pelo: Jornal A Hora, Jornal da Imprensa, Jornal Diário do Estado de Goiás . Há 10 anos, escreve a coluna social Paparazzi, do Jornal Diário de Aparecida. Editor da Revista Class. formando em Marketing e pós-graduado em Marketing digital. Estudioso das redes sociais.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *