Entrevistas

TOXINA BOTULÍNICA (BOTOX)

Cláudia Arantes Santana é médica dermatologista formada em medicina pela Faculdade de Alfenas, Minas Gerais. Fez especialização em dermatologia  no Rio de Janeiro, com estágios na Fundação Osvaldo Cruz e Instituto Nacional do Câncer. É membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e possui título de especialista em dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). Também tem graduação em psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC).

A dermatologista explica o uso da toxina botulínica e dá dicas preciosas para escolher um profissional adequado e fala que o menos sempre é mais.

TOXINA BOTULÍNICA (BOTOX)

É um medicamento de origem biológica obtido a partir da bactéria Clostridium botulinum.

O botox pode ser usado em todo tipo de ruga?

Não. Essa técnica é para suavizar as rugas dinâmicas ou seja, aquelas que ficam muito marcadas devido à movimentação dos músculos da face, como as da testa e os pés-de-galinha.

O rosto pode ficar sem expressão?

Não necessariamente. A tendência agora é deixar a aparência bastante natural. Isso vai depender da quantidade do material injetado em cada região e da técnica e senso estético do dermatologista. Por isso, faz toda diferença a avaliação do rosto de forma individual, já que não há uma receita única para a aplicação da substância.

A partir de que idade pode começar a usar?

O mais importante do que a faixa etária do paciente, é saber se ele realmente precisa do tratamento. Pessoas jovens com tendência genética à formação de rugas podem usufruir da técnica de forma preventiva: ao relaxar determinado músculo, a toxina botulínica previne o aparecimento de um vinco mais profundo daqui a cinco ou dez anos.

*Ilustração / Imagem meramente ilustrativa.

Existem efeitos colaterais?

São raros. Podem ocorrer dor de cabeça logo após a aplicação e manchas roxas nos pontos das picadas. Gestantes ou pacientes com problemas neurológicos não devem usar a substância.

Dói muito?

Você vai sentir as picadas da agulha, mas é bem suportável. Utilizo um creme anestésico para passar sobre a pele antes da injeção e durante o procedimento utilizamos um aparelho resfriador da pele que ameniza.

O resultado é imediato?

Não. O efeito começa a ser observado em três ou quatro dias, mas o resultado final aparece mesmo depois de uns 10 dias.Será feito um retorno para verificar a necessidade de retoque caso ocorra assimetria ou menor absorção do produto.

Quanto tempo dura?

Depende da quantidade da substância usada, da forma de aplicação e da resposta individual de cada paciente. Mas as estatísticas apontam para uma média entre quatro e seis meses de durabilidade.

Garante aquele bocão?

De jeito nenhum! Ao contrário do que muita mulher (e homem também) pensa, dar volume e contorno aos lábios não tem nada a ver com toxina botulínica. Nesse caso, utiliza-se outro material próprio para preenchimento , o ácido hialurônico é o mais usado, mas existem outras substâncias próprias para esse fim.

Em que casos você indica o botox?

Suavizar as linhas da testa, o vinco entre as sobrancelhas e os pés-de-galinha;

Levantar os cantos da boca;

Arquear as sobrancelhas;

Melhorar as rugas no colo e no pescoço;

Arrebitar levemente a ponta do nariz;

Disfarçar a gengiva aparente ao sorrir;

Melhorar o contorno do terço inferior da face
;

Combater o excesso de suor nas axilas, mãos e pés.

Delson Carlos

Delson Carlos, Assessor de imprensa,Profissional de Marketing , colunista social, passou pelo: Jornal A Hora, Jornal da Imprensa, Jornal Diário do Estado de Goiás . Há 10 anos, escreve a coluna social Paparazzi, do Jornal Diário de Aparecida. Editor da Revista Class. formando em Marketing e pós-graduado em Marketing digital. Estudioso das redes sociais.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *